Alta em número de antidepressivos dados para pets que ficam o dia inteiro sozinhos em casa

Pets sozinhos em casa e infelizes estão sendo sedados com antidepressivos.

por Samantha Kelly — publicado 23 mar 2015 - 16:13

Especialistas estão muito preocupados com a alta no número de antidepressivos que são oferecidos para pets, que por passarem o dia em casa e sem estímulos, desenvolvem problemas de comportamento e uma apatia.

Andrew Knight, professor de bem estar animal e ética na University of Winchester, na Inglaterra, declarou para o Sunday Telegraph:

 

O número de problemas comportamentais em cães e gatos, e até mesmo outros pets, como pássaros, vistos em veterinários é enorme.

Nós estamos constantemente vendo animais que são agressivos, muito assustados, descontrolados quando visitam o médico, mesmo que meus colegas e eu façamos o melhor para acalmá-los com um manuseio gentil e com guloseimas.

No lugar de tentar acalmar ou até mesmo sedar nossos pets estressados com remédios, é hora de começarmos a dar ao nossos pets o cuidado e atenção que precisam. Só então nós estaremos realmente elegíveis a nos chamar uma nação de amante de animais.

 

Em o que nós chamamos de abandono parcial, os pets são deixados sozinhos em casa, sem estímulo físico, mental e emocional por longos períodos de tempo. Analisando tais situações, não é de se espantar que tantos animais estejam desequilibrados e infelizes.

Em um estudo recente realizado pelo People’s Dispensary for Sick Animals (PDSA), mais de um quarto dos tutores caninos deixam seus pets sozinhos em casa por cinco horas ou mais durante os dias da semana, e mais de 250 mil cães não passeiam nunca, levando, obviamente, a problemas de comportamento.

 

Pets sozinhos em casa e infelizes estão sendo sedados com antidepressivos. Foto: Reprodução.

Pets sozinhos em casa e infelizes estão sendo sedados com antidepressivos. Foto: Reprodução.

 

Fonte: Daily Mail

deixe seu comentário: