Após resgate demorado, Bombeiros conseguem retirar gato de árvore

O resgate do animal, que pulou da janela do apartamento em que vive para uma árvore, levou uma hora e meia e teve a ajuda de 15 militares

por Andrezza Oestreicher — publicado 8 mar 2017 - 21:12

Gatinhos são animais bastante aventureiros, que adoram sair de casa sozinhos para passear e são extremamente atraídos por altura. As árvores até parecem ter algo bem especial para eles, é quase impossível que eles não tenham vontade de subir em seus galhos.

Porém, nessas aventuras nos altos das árvores, às vezes alguma coisa pode dar errada e eles acabam se atrapalhando quando chega a hora de descer.

Gato pulou em árvore e precisou da ajuda dos Bombeiros para conseguir descer. (Foto: Reprodução / YouTube Metrópoles DF)

Ver Bombeiros salvando gatinhos dos topos das árvores é bastante comum ao assistirmos filmes ou novelas, mas é o tipo de coisa que também pode acontecer facilmente na vida real, como mostra o fato ocorrido com o gatinho Conan, no Distrito Federal.

Na última segunda-feira, dia 6 de fevereiro, Conan resolveu que estava precisando de um pouco de aventura em sua vida e pulou da janela do apartamento onde vive para uma árvore próxima, a uma altura de cerca de 12 metros. Porém, para ele sair de lá foi bastante complicado.

Operação de resgate contou com a participação de 15 militares. (Foto: Reprodução / YouTube Metrópoles DF)

Conan, que tem um ano e dois meses de idade, não estava conseguindo descer da árvore sozinho e precisou de ajuda, bastante ajuda.

Para salvar seu animal, Rodrigo Ceni, tutor de Conan, chamou o Corpo de Bombeiros para fazer o resgate. Rapidamente os oficiais da corporação chegaram ao local. Mas tudo foi bem mais complicado do que todos imaginaram.

Uma hora e meia depois, o gato foi entregue aos tutores em total segurança e sem ferimentos. (Foto: Reprodução / Metrópoles)

Para fazer o resgate do animal em total segurança foi preciso da ajuda de três viaturas e 15 militares. Ao final de uma hora e meia, os bombeiros conseguiram retirar o animal da árvore e entregá-lo ao seu tutor sem nenhum ferimento.

O caso do gato Conan deixa o alerta para todos os tutores de gatos que moram em apartamentos e até em casas mais altas. Colocar telas nas janelas da residência é uma dica para que seu animal não queira sair ou fuja e permaneça seguro dentro de casa.

Fonte: Metrópoles

deixe seu comentário: