Bombeiros e voluntários resgatam animais após tragédia em Mariana (MG)

O rompimento das barragens de uma mineradora no distrito de Bento Rodrigues deixou cães e gatos perdidos no meio de tanta lama.

por Karina Sakita — publicado 12 nov 2015 - 18:38

No dia 05, o rompimento de duas barragens de rejeitos da mineradora Samarco causou uma grande destruição no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, que fica em Minas Gerais.

Seis pessoas morreram com essa tragédia e 21 pessoas estão desaparecidas, sendo 11 funcionários da mineradora.

Voluntários, o Corpo de Bombeiros, a Guarda Municipal, a Polícia Militar e cães policiais estão trabalhando juntos para resgatar os animais que ficaram presos no meio de tanta lama.

Esse grande grupo já conseguiu salvar a vida de diversos cães, gatos, vacas e galinhas.

 

Gatinho que foi resgatado na lama. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

Gatinho que foi resgatado na lama. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

 

De acordo com a veterinária Carla Sássi, muitas famílias não abandonaram seus cães e gatos, e fizeram questão de sair do local carregando o pet.

Além de resgatar os animais que acabaram ficando no distrito, os voluntários também estão dando apoio aos pets que estão com seus tutores.

Os animais resgatados estão sob os cuidados de ONGs. Por isso, elas estão pedindo doações (financeiras ou de rações, shampoos, casinhas, comedouros, cobertores e materiais de limpeza).

Para saber como ajudar acesse os links abaixo:

https://www.facebook.com/idda.ouropreto/photos/a.945146278863299.1073741828.942946945749899/1058621457515780/?type=3&theater (Instituto de Defesa dos Direitos Animais)

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1648933262013896&set=a.1376275602612998.1073741827.100006917133241&type=3&theater (Associação Ouropretana de Proteção Animal)

 

Um trabalho comovente. (Foto: Reprodução / Facebook / Associação Ouropretana de Proteção Animal)

Um trabalho comovente. (Foto: Reprodução / Facebook / Associação Ouropretana de Proteção Animal)

 

O Instituto de Defesa dos Direitos Animais (IDDA) de Ouro Preto mostrou que alguns pets resgatados já conseguiram encontrar seus tutores, mas muitos animais que estão no canil de Mariana estão aguardando esse momento. Para ver as fotos deles clique aqui.

Veja mais fotos e vídeos desse trabalho:

 

Gratidão Eterna a todos que estão nos ajudando no resgate dos animais em Bento Rodrigues.

Posted by Carla Sássi on Domingo, 8 de novembro de 2015

 

Resgate de um Gatinho em Bento RodriguesNo sábado dia 07/11 durante o resgate de uma mulher, moradora do distrito Bento Rodrigues, Mariana-MG, ouvimos miados desse telhado em meio a lama ainda mole, com difícil acesso, era um filhote de gato q sobreviveu à tragédia e mais 3 dias sozinho, sem comida ou bebida, um guerreiro com menos de 3 meses de vida, no vídeo dá pra escutar seus desesperados miados. Começamos a buscar tábuas nos quintais das casas não atingidas, pra serem usadas como ponte para o resgate. Faltando 5m pro bombeiro chegar até o telhado, o filhote pulou na lama e foi patinando até o o sargento, ele estava desesperado pra sair de lá. Já foi adotado :DTaí Sr. Sargento Claudinei, agradecemos por este e mais resgates durante td o fds!

Posted by Silvia Gonzaga on Segunda, 9 de novembro de 2015

 

O acesso ao local é difícil. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

O acesso ao local é difícil. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

 

Gatinhos esperando seus tutores aparecerem. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

Gatinhos esperando seus tutores aparecerem. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

 

Resgate na lama. (Foto: Reprodução / Facebook / Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais)

Resgate na lama. (Foto: Reprodução / Facebook / Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais)

 

Equipes trabalham sem parar. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

Equipes trabalham sem parar. (Foto: Reprodução / Facebook / Instituto de Defesa dos Direitos Animais de Ouro Preto)

deixe seu comentário: