ONG tenta arrecadar dinheiro pela internet para salvar gato vítima de bala perdida no Amapá

O tiro atingiu a face do gatinho e arrancou sua mandíbula e partes de seu nariz e da língua. O animal segue internado em estado grave e se alimentando somente através de sonda

por Andrezza Oestreicher — publicado 26 fev 2017 - 10:00

Mais um animal foi vítima da violência e falta de segurança em nosso país. Dessa vez, um pequeno gatinho de dois anos de idade acabou sendo atingido por uma bala perdida na Zona Norte de Macapá na última quarta-feira, dia 22 de fevereiro.

O animal, que tem uma tutora e um lar, estava na rua no momento em que assaltantes e policiais começaram uma troca de tiros. O gato, de nome Romeu, foi atingido na face por um tiro de pistola que arrancou sua mandíbula e partes de seu nariz e da língua.

Bala atingiu a face do animal, que teve muitos ossos da face fratrurados e está internado em estado grave. (Foto: Reprodução / Victor Hugo Fernandes / G1)

Romeu, que não consegue mais comer e nem beber água sozinho, precisa de uma cirurgia reparadora urgente. Sem condições de bancar os custos, cerca de R$ 2,3 mil, a tutora do gato fez um apelo nas redes sociais.

O gato já recebeu uma ajuda da ONG Unidade de Proteção ao Animal “Costelinha”, que fez o resgate do animal e conseguiu a sua internação. Porém, segundo Victor Hugo Fernandes, presidente da entidade, eles precisam de forma urgente arrecadar o dinheiro para Romeu, pois a cirurgia reparadora precisa ser feita em até quatro dias.

“A dona do gato fez o pedido na internet. A troca de tiros aconteceu na rua em frente a uma empresa de segurança e o gato estava fora de casa. Encontramos a dona e fizemos o resgate do animal, que perdeu muito sangue e está internado. Teve muitos ossos da face fraturados e vai precisar colocar platina na face e fazer enxerto de pele na face”, explicou Victor Hugo.

O animal precisa de doações urgente para a sua cirurgia. (Foto: Reprodução / John Pacheco / G1)

Enquanto a campanha de arrecadação de dinheiro para a cirurgia continua na internet, Romeu segue internado em estado grave e se alimentando somente através de sonda. Já a bala foi retirada de sua face.

As doações para a cirurgia do gato Romeu podem ser feitas através de depósito bancário (para o Banco do Brasil – Agência: 5929-3 Conta Corrente: 5703) ou diretamente na clínica veterinária Petzee, que fica na Avenida Mendonça Júnior, número 2191, no bairro Central em Macapá.

Fonte: G1

deixe seu comentário: